quarta-feira, 9 de julho de 2014

Relacionamentos

pouco mais de um ano que voltei da Tunisia...e ainda parece um sonho quando lembro da viagem.
até hoje recebo emails, mensagens, comentários no blog de pessoas que tem interesse em ir para o país...e principalmente de mulheres apaixonadas por tunisianos que conheceram pela internet..
minha experiencia na Tunisia foi muita intensa..voltei completamente diferente..voltei mais mulher..e com um sentimento de auto valorização maior.
e a minha reposta PESSOAL..eu Duane..nunca namoraria ou me casaria com homem de origem árabe...
não quero julgar ninguém, pelo contrário, sempre sou a favor do amor e nunca tentei fazer alguém desistir porque eu penso diferente...sempre fui sincera, e acredito que cada caso é um caso. Há mulheres que me escrevem felizes pq o relacionamento com árabe está indo muito bem, e outras com coração partido que foram enganadas....então meninas.é dificil dizer o que é certo ou errado, vai do seu feeling, vontade, coragem, e acima disto tudo a vontade de Deus.

quinta-feira, 25 de abril de 2013

Tunísia - Cultural Differences

11. the international airport. It's a shock when you land in Tunis. The INTERNATIONAL Airport is really small (and ugly), it looks like a bus station. It is worse when you arrive in Sfax by plane. 

12. They love harissa. Harissa is a hot chili sauce. I've never tasted a sauce so spicy. (it's not for anyone, you need to be brave).

13. They like foreigners...sometimes I believe they like too much. They stare you on the street or even chase you.

14. They always try to take some advantage of foreigners, specially if it envolves money. I payed 3 dinares for a popcorn, and the normal price is 0.500 millimeter.

15. They like eat. Oh gosh. They eat a lot. I cannot follow them!!

16. The girls know how to make a beautiful eyes makeup. I think they born knowing how to make it.

17. They use perfurme on their clothes not in the skin. 

18. They eat with hands. At first time, it was difficult for me, but now I can do it perfectly (ok, I admit: not at all).

I have asked friends about their cultural shock.  See what they have told me:

- they are always late. (my comment: Yes, it`s true, this also includes arriving late at work.)
- you can go to jail if the police get you kissing on the street, but you can fight on the streets and nothing will happen.
- they don`t take care about the Nature. (my comment: yeah, it`s really sad. They have a lot of beautiful places and they don't care). 









segunda-feira, 22 de abril de 2013

Tunisia - my point of view, now in english :)

First of all, sorry for my non native english. 
I have written in portuguese about my cultural shocks in Tunisia, specially in Sfax however I think it will be interesting if I share my experience in english as well.  
It`s hard to describe everything, because it is so specific and maybe can be understood only if you live the experience by yourself. 
Here we go!! step by step. (i will write in more than one post)

1. Take shower. until now I remember the freak moment that I have to take shower. There's no normal shower. Normally the shower is in a bathtub. and do you know hand-held shower? yes, this is the kind of shower they use in every house, appartment and hotel.

2. there's no drain on the bathroom (only in the bathtub)...in other words, if you let the water fall out of the bathtub you gonna make a swimmig pool for sure. yes, I did this in a hotel room (like flat) by mistake or stupidity, I didn't remember there was no drain and my friends and I needed to take off the shoes and socks every time we entered in the bathroom :/ sorry guys!! and sorry for the hotel owner.

3. Tunisians, in general, are happy. They love music. And they know a lot about songs. I discovered a lot of old and new musics that I had never heard before (it includes brazilian songs).

4. tunisian people really enjoy dancing. every opportunity they have, they are dancing and singing. although sometimes they act like crazy singing loudly their arabic songs. 

5. the couples never kiss on the public places. It's also hard to see they holding hands. and if you kiss you can be sure someone will call your attention (get a room, s'il vous plait!).

6. Tunisian people smoke a lot!! OMG! a lot! the girls cannot smoke in the public places, but they usually do in a hidden places.  (except in Tunis)

7. they smoke shisha a lot. in every coffe shop you can "rent" a shisha for a cheap price. Smoking shisha is kinda fun time for them and specially for the bored foreigners who have nowhere to go in small cities. 

8. If you like bread, you are in the right place. They eat baguette in each meal.it costs like 0.300 millimeters.  baguettes are selled in every grocery shop or supermarkets. 

9. they really like cakes and croissant. but the cakes are so different from our brazilian cakes. there's no wheat flour..and normally no milk. It`s so delicious and my sin. 

10. they drink tea and coffe like I drink water...in my first weeks I was drinking a lot of mint tea and I couldn't sleep. Later, when I started to drink 'nuit calme infusion' (kinda tea without caffeine) I could sleep all night. (until now I ask myself why I had so much sleepless night!?)



segunda-feira, 25 de março de 2013

maior desespero que poderia ter passado em Tunis.

Com duas malas na mão e uma mochila nas costas sai do hotel à procura de taxi para ir para o aeroporto.
depois de dois quarteirões, lembrei que tinha esquecido meu celular carregando no quarto do hotel.
puxando as duas malas e bendita mochila nas costas, saio correndo desesperada para o hotel...subi correndo as escadas e para meu alívio o celular ainda estava lá!

Novamente com as abençoadas malas e a mochila nas costas ando mais alguns quarteirões até perto da estação de trem, que eu sabia que tinha muito taxi por lá para tentar pegar algum.

40 minutos se passaram e não passava nenhum taxi, e o trânsito pior do que qualquer dia.

Resolvo perguntar para alguém: cadê os taxis?
resposta que eu nunca queria ouvir na vida: Estão em greve hoje. Não tem taxi rodando em Tunis.

QUE???????????
mas como faço para chegar até o aeroporto??
só de taxi ou carro.

Não tem onibus, van, trem, metro?? nada??

hum..sorry! só de taxi.

O desespero foi subindo pelas minhas pernas até meu último fio de cabelo.
e como vou fazer para ir para o aeroporto?? me ajuda, por favor!

desculpa eu não sei o que fazer!
depois de perguntar várias pessoas na rua, alguém falou é melhor você ir com suas malas para estação de trem e lá você pergunta alguém, mas ficar aqui na rua é perigoso.

Lá vai eu além de carregar as fdp das malas..minhas pernas estavam bambas pelo susto tomado.

entrei na estação e vi a placa Police Station.

fui lá...perguntei taxi, aeroporto. preciso de um taxi para o aeroporto.
e a mesma resposta foi dada: estão de greve. não tem taxi.

mas como eu faço???
e o policial: não tem jeito.

JURO, meu futuro passou igual um filme na minha cabeça, já imaginei eu voltando para Sfax, ligando para minha mãe, estendendo novamente o tempo de estadia lá.....isso meu deu um desespero inimaginável.

Entrei em pânico e comecei a chorar. Help me, pls! help me! quero ir para casa!!!

acho que o policial se compadeceu e me levou até um cara que estava fora da estaçao, este cara ligou para alguém, me perguntaram se eu pagaria 4 vezes mais que o valor que eu pagaria normalmente, eu disse que sim (na situaçao que eu estava pagava até em euros!!), e então o cara me levou para esperar uma van.

Tive que confiar na 'bondade' deles...confiar de tudo ficaria bem.
Chegou uma van mais velha do que meu avô...que mal tinha um lugar para eu sentar...um senhor estranho dirigindo. jogaram minhas malas atras...e sentei num mini poltrona na frente perto do motorista. Rezei para que ele realmente me levasse para o aeroporto.

e depois de uns 20 minutos apreensiva...ele realmente me deixou no aeroporto!!!

respirei aliviada e queria dar um beijo no senhorzinho de tanta alegria que eu fiquei por estar no aeroporto!!!

----------------------------------------------
Passando pela alfandega, o cara lá tinha que implicar comigo.

todo mundo ultrapassava a linha amarela, quando chegou a minha vez: ATRAS DA LINHA AMARELA, AGORA!

ok, ok! fiquei lá atras da colorida linha amarela esperando minha vez.

Mostrei meu passaporte, e o cara me pergunta: -Você tem namorado na Tunisia?
-que???? não entendi.
-isso mesmo que vc ouviu, voce tem namorado na Tunisia??
-Nao!!
- o que vc está fazendo aqui, entao?
- estava trabalhando.
- ah é? empresa de petróleo?
- não.
- então de que?
- azeite de oliva.
- qual nome da empresa? onde fica? o que vc fazia?

depois de uns 20 minutos me interrogando e eu respondendo tudo, já que era tudo verdade...
ele disse: espero que tenha tido uma boa estadia na Tunisia. Boa viagem, pode ir!

meuuuuuu.....alívio total por finalmente ter o carimbo de saída daquele país!


segunda-feira, 11 de março de 2013

Taxi em Tunis...

Tive que ir para Tunis de novo. Não fui sozinha, o que foi reconfortante, mas tive que voltar sozinha.
Taxista aqui é uma raça a parte....óbvio que existe exceções...mas a maioria tenta tirar alguma vantagem.

Peguei o taxi e disse que queria ir para estação de trem. Ele andou um quarteirão comigo, e começou a falar em árabe..e parou o carro, eu entendi que era para eu descer...exatamente isto! ele mandou eu descer...e eu nem sei porque!

Ai vi um taxi logo na minha frente, parado no acostamento. E fui lá conversar falar que queria ir para estação de trem.  A primeira pergunta que ele fez: euros?? hahahha..Não dinar! Ele falou 20 dinares. QUE?????????? aí comecei a falar inglês (até então a comunicação estava no francês), como 20 dinares? peguei taxi outro dia daqui até a estação, dá uns  4 a 5 dinares, no máximo uns 6 ou  7, depende do trânsito. O cara de pau ainda responde: é porque meu taxi é oficial, trabalho para o aeroporto! Come on!

aii resolvi ir para outro lugar tentar pegar taxi. Cheguei lá e vi a placa Taxi Place...ok! ai falei de novo onde queria ir e tentaram me levar para pegar tipo uma van...eu falei não!!! não vou entrar nisto não!!! ai um taxi amarelo estava passando e eu com cara de desesperada já....perguntei se eu podia entrar..ele disse que sim..ai ele falou nossa! ainda bem que vc não foi com eles, eles iam te cobrar um abusrdo...
então ligou o taximetro..e no fim deu o que eu previa ..5 dinares.


segunda-feira, 4 de março de 2013

Lidar com pessoas de nacionalidades e culturas diferentes....

Os nervos estão à flor da pele...acho que aqui ninguém aguenta mais olhar um na cara do outro...
alguns dias para cá a casa tá pegando fogo..tá todo mundo  nervoso, doente...e se sentindo impotente.
estou com meu pé para lá de inflamado há duas semanas...e hoje amanheci bem ruinzinha de gripe.
Lá no apto a mesma coisa, tá todo mundo ou gripado ou com sinusite, ou com dor terrivel nas costas, ou com enxaqueca, ou com febre, ou com dor no corpo.
Algumas pessoas são mais fáceis de lidar, outras já são mais difíceis de conversar. algumas são mais cabeça fechada outras já sabem como lidar e morar em república.

e eu to no meio dessa muvuca. Não sei se é específico de brasileiros...mas eu sou muito educadinha, tento resolver as coisas pelo lado educado e levo cada patada..cada coice, que parece que trocaram a ferradura naquele momento. Sempre respiro fundo...muiiiitooo fundo!!! gente, brasileiro é o povo mais calmo do mundo e mais educado que já vi. Sério mesmo!!! a gente pensa muito antes de falar qualquer besteira, a gente ouve muito mais do que fala, a gente é criticado muito mais do que criticamos, a gente é muito mais compreensivo, a gente tenta sempre dar um jeitinho sem magoar as pessoas...e aqui não, cada um defende o seu, cada um tentando se sair melhor e foda-se se o outro será machucado ou não. Ninguém pensa para falar, simplesmente falam o que pensam e o que sentem, e isto é o que vale, não pensam nos sentimentos dos outros ou em respeitar a cultura diferente...to falando isto em se tratando de lidar com outros estrangeiros. Até agora os mais educados e meigos na questão de conversar e tentar resolver pacificamente são os chineses, as garotas chinesas são super meigas e os meninos sempre  prontos para conversar com a mente aberta.